Ex-presidente da AJURIS homenageado em solenidade na AMB

Publicado em: 8-agosto-2018

O ex-presidente da AJURIS João Ricardo dos Santos Costa participou, nesta terça-feira (7/8), da solenidade de descerramento de sua foto na galeria dos ex-presidentes da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), em Brasília. A cerimônia foi acompanhada pela Direção da AJURIS, representada pela presidente Vera Deboni; pelo vice-presidente Administrativo, Orlando Faccini Neto; pelo subdiretor do Departamento de Aposentados, Silvestre Jasson Ayres Torres; e pela assessoria da Presidência, Vera Müller. Também foi descerrada a foto de Cláudio dell’Orto, ex-presidente da Escola Nacional da Magistratura (ENM).

No ato, o presidente da AMB, Jayme de Oliveira, destacou a atuação dos magistrados quando estavam à frente da associação. Ele lembrou que foi presidente da Associação Paulista de Magistrados (Apamagis), na mesma época que o João Ricardo assumiu a AMB, e do trabalho realizado com o apoio dos presidentes das associações regionais. “Foram momentos difíceis que não terminaram, mobilizações nacionais que foram feitas sob o comando de João, o abraço ao STF e inúmeras atividades necessárias em defesa da magistratura. A história da AMB é a história dessas diretorias, e, hoje, estamos homenageando pessoas que tem nosso respeito e admiração da magistratura brasileira. Cláudio dell’Orto lutou pelo aprimoramento da escola,  pelo engrandecimento da magistratura brasileira, pela nossa área cultural, científica, pedagógica e acadêmica”, disse Jayme de Oliveira.

Na ocasião, João Ricardo falou que os três anos que assumiu o comando da AMB foram intensos. “O meu desejo é que daqui a 28 anos posso estar aqui como o Regis de Oliveira, do mesmo jeito. A minha primeira experiência no associativismo foi num congresso da AMB, quando tinha três meses de magistratura, e o Regis fez um belo discurso e percebi o que era a magistratura brasileira, a nossa entidade de classe. Sobre a minha foto, isso nos faz refletir e ter outro desejo de que o quadro esteja mais colorido, tenha mulheres e juízes negros que assumam a direção da nossa entidade, para dizer que somos de fato uma democracia racial, uma democracia de gênero”, salientou.

O ministro Herman Benjamin, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que também prestigiou a solenidade, elogiou o trabalho de Cláudio dell’Orto na ENM. “Nos inspiramos no Eladio Lecey (ex-diretor-presidente da ENM) e Cláudio teve a capacidade de unir os desejos, as necessidades, da perspectiva da AMB com o formalismo  e o caráter estatual da Enfam”. Ao falar como juiz e não como ministro, ele agradeceu também o trabalho realizado pelo ex-presidente João Ricardo. “A AMB tem essa postura republicana ao representar os juízes. Agradeço Jayme por trazer novas ideias a nossa associação e fico muito contente de ser associado”, finalizou. A ministra Delaíde Arantes, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ressaltou que “João Ricardo e Cláudio dell Orto deixaram uma história no associativismo”.

O presidente da AMB adiantou que irá comemorar os 70 anos da associação, no ano que vem, e ressaltou que na galeria dos ex-presidentes está faltando mulheres. “É passado o momento de termos mulheres na presidência da AMB. Precisamos incentivá-las a disputar as eleições porque as associações regionais já têm. É um espaço importante que ainda não chegou na AMB”, frisou.

Com informações da Assessoria de Imprensa da AMB

 

Departamento de Comunicação
Imprensa AJURIS
51 3284.9125
imprensa@ajuris.org.br

Be Sociable, Share!

Menu

Notícias em Destaques