Painel sobre Inclusão provoca reflexões no Mês da Mulher na AJURIS

Publicado em: 7-março-2018

Dentro da proposta de fomentar debates importantes da luta das mulheres por equidade, a AJURIS promoveu, nesta terça-feira (6/3), o debate da Inclusão sobre a ótica de gênero. A atividade integra o evento “Lugar de Mulher é onde Ela quiser” que, em sua segunda edição, convida a sociedade para fazer recortes na temática e discutir pautas que afetam a vida das mulheres. O evento teve mediação da vice-presidente Cultural da AJURIS, Madgéli Frantz Machado, e participação da Diretora Cultural, Camila Luce Madeira.

As painelistas Cristina Mazuhy, chefe do Núcleo de Inclusão e Acessibilidade do Tribunal de Justiça do RS (TJRS); Ana Maria Machado da Costa, coordenadora do Projeto de Inclusão de Pessoas com Deficiência no Trabalho da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no RS; e Liza Cristina Cenzi, coordenadora Movimento Superação RS – Grupo Inclusivass chamaram o público para fazer importantes reflexões sobre como a sociedade inclui as mulheres com deficiência.

Para Cristina Mazuhy, é importante o olhar para as potencialidades das mulheres com deficiência: “as nossas capacidades são diferentes”, afirmou, ao trazer para o público relatos dos desafios e conquistas das mulheres com deficiência que atuam no serviço público.

Já o painel da auditora do Trabalho, Ana Costa, fez um breve histórico da visão da sociedade sobre a deficiência – castigo, assistencialismo – até o marco da Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, em 2007, do qual o Brasil é signatário. Entre os dados apresentados, ela destaca as dificuldades das mulheres com deficiência se inserirem no mercado de trabalho, assim como a diferença salarial.

Além disso, Ana Costa chamou atenção para a questão das cuidadoras das pessoas portadoras de deficiência que, geralmente, são as mulheres: “As servidoras ainda têm decisões favoráveis para que trabalhem meio-turno, mas na iniciativa privada ninguém quer uma mulher com esse tipo de comprometimento”.

Lizi Cenzi, que tem um filho com 16 anos, trouxe um relato que comoveu a plateia sobre as barreiras que teve que superar na escolha da maternidade, e uma visão da importância da sociedade debater os direitos sexuais e reprodutivos das mulheres com deficiência. Durante a palestra ela apresentou, ainda, diversos conceitos como a decisão de dar seguimento ou não a uma gestação, expressar livremente a orientação sexual, ter acesso à informações, entre outras questões que foram compiladas, em 2016, em uma cartilha (acesse AQUI).

A coordenadora Movimento Superação RS – Grupo Inclusivass também chamou atenção para as barreiras atitudinais, que são as ações que as pessoas deixam de fazer em prol da acessibilidade como, por exemplo, a questão das escadas, a ausência de rebaixos, a falta de capacitação de profissionais para atender pessoas com deficiência. “A gente não tem consciência do que uma barreira atitudinal faz todos os dias para uma pessoa com deficiência”, ressalta, convocando todas e todos a um novo olhar, exercendo a sensibilidade atitudinal: “O que falta para a gente ser melhor como seres humanos?”, questionou.

Lugar de mulher é onde ela quiser

No próximo dia 28 de março, a partir das 16h, na Escola da AJURIS (Rua Celeste Gobbato, 229), será realizada a segunda etapa do evento, com uma feira sobre empreendedorismo feminino, seguida por painel que vai abordar a superação de mulheres que decidiram empreender e tornaram-se protagonistas de suas vidas.

As inscrições devem ser feitas AQUI, e a organização sugere como ingresso a doação de produtos de higiene pessoal para os bebês de apenadas do Sistema Penitenciário Feminino do Estado.

Com apoio da Escola da AJURIS e da ONG Themis – Gênero, Justiça e Direitos Humanos, as atividades são organizadas pela Vice-presidência Cultural da Associação. Mais informações podem ser conferidas no blog ‘Lugar de mulher é onde ela quiser’ ou pelo email cultural@ajuris.org.br.

 

Galeria de fotos:

 

Texto e fotos: Joice Proença
Departamento de Comunicação
Imprensa AJURIS
51 3284.9107
imprensa@ajuris.org.br

Be Sociable, Share!

Menu

Notícias em Destaques