Nota pública: AJURIS quer fim da tramitação das reformas

Publicado em: 18-maio-2017

Diante da gravidade das denúncias envolvendo a política nacional, a Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul (AJURIS) avalia que as reformas Previdenciária e Trabalhista, propostas pelo Governo Federal, não podem continuar em tramitação no Congresso.

A insegurança política e a ausência de confiança da nação brasileira nos governantes, decorrente das gravíssimas denúncias de corrupção, não permitem que assuntos de tal relevância, com grande impacto na vida de toda a população, sejam apreciados até que tudo seja apurado e devidamente esclarecido.

A AJURIS reitera a convicção na atuação constitucional das instituições, da Magistratura, em especial, na independência, na imparcialidade e na capacidade técnica de todas as instâncias do Poder Judiciário.

Gilberto Schäfer
Presidente da AJURIS

 

 

Departamento de Comunicação
51 3284.9141/51 99951-0045​
imprensa@ajuris.org.br

Be Sociable, Share!

Menu

Notícias em Destaques