União Gaúcha discute Plano de Saúde proposto pelo TJRS

Publicado em: 4-abril-2017

A União Gaúcha em Defesa da Previdência Social e Pública decidiu na manhã desta segunda-feira (3/4) que irá acompanhar a criação de plano de saúde pelo Tribunal de Justiça do RS. O tema chama a atenção pelo seu impacto e foi uma decisão da Presidência do Tribunal. “Esta decisão envolve muitos riscos e deve ser analisada com muito cuidado, solicitamos que a licitação fosse discutida nos canais internos do TJ, mas o pleito não foi atendido”, afirmou Gilberto Schäfer, que também preside a AJURIS.

Os conselheiros também analisaram que a situação atual do IPE-Saúde aponta para a necessidade de melhorias e modernização do sistema oferecido. “O IPE tem muitas virtudes, mas precisa se tornar mais atrativo. É preciso melhorar o seu atendimento e fazer uma análise profunda de gestão para que ele se torne mais competitivo no mercado”, avaliou o presidente da União Gaúcha.

O magistrado ainda relatou os debates que estão sendo realizados no âmbito da Comissão de Saúde da Associação e a convocação de Assembleia Geral Extraordinária na próxima quinta-feira para deliberar sobre o tema. Entre as questões de preocupação da AJURIS estão a viabilidade do sistema IPE Saúde, a ausência de garantias de manutenção do modelo proposto, insegurança quanto a reajustes futuros, entre outras questões como um eventual questionamento futuro quanto a manutenção da contribuição patronal para um sistema privado de saúde. Além de não contemplar as pensionistas.

 

Departamento de Comunicação
Imprensa AJURIS
51 3284.9141
imprensa@ajuris.org.br

Be Sociable, Share!

Menu

Notícias em Geral